Páginas

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Prefeito Adelmo visita escolas no interior. Investimentos na educação passam de R$ 5 milhões

O prefeito, Adelmo Klosowski (PSDB), cumpriu o prometido e visitou mais de 63 escolas no interior do município. As visitas serviram para ver como estão sendo aplicados os investimentos na educação e para observar que melhorias ainda devem ser feitas. Até agora, a administração municipal informa que foram investidos mais de R$ 5 milhões só na área, com aquisição de veículos, contratação de profissionais e aberturas de CMEIS, bem como, diversas obras de reforma e ampliação em várias escolas. 

O prefeito e sua equipe ainda visitaram as comunidades para verificar a situação das estradas e ver o que pode ser melhorado. 

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Com iniciativa do Município, Governo Estadual inicia obras do Monumento ao Salto São João

Cumpre esclarecer que o governo municipal, através do prefeito Adelmo Klosowski (PSDB)e equipe é que deram o pontapé inicial, indo atrás de estrutura e entrando num acordo com o Estado para que o Monumento ao Salto São João se tornasse uma realidade. 


OBRAS COMEÇAM, DIZ A AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

Quem visitar a cachoeira do Monumento Salto São João deve ficar atento às máquinas utilizadas nas obras de modernização deste importante ponto turístico de Prudentópolis, no Centro-Sul do Estado. Caminhões iniciaram a terraplenagem do estacionamento e vão preparar o solo para receber novas construções com o objetivo de trazer mais conforto aos visitantes. 

As equipes contratadas pelo Estado, por meio da Paraná Edificações, vão construir um centro de visitantes com estacionamento, loja, banheiros, lanchonete, auditório e prédio de administração. O projeto inclui também casa da guarda e para pesquisadores, com alojamentos feminino e masculino, sala de estar, cozinha e garagem. O local ganhará ainda dois mirantes, trilha interna e uma ponte pênsil. A área total da edificação é de mil metros quadrados. 

O projeto do Monumento Salto São João foi elaborado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e o investimento será em torno de R$ 2,4 milhões. O prazo para entrega das obras é de cerca de dez meses. Até que sejam concluídas, os turistas devem conviver com trechos sinalizados onde será preciso ficar atento às máquinas e aos operários trabalhando. 

TURISMO SUSTENTÁVEL – Com a infraestrutura pronta, o principal objetivo do Governo do Estado e da Prefeitura de Prudentópolis é valorizar o turismo na região, conhecida pelas suas mais de 100 cachoeiras catalogadas, que variam entre 80 e 200 metros de altura. 

O Salto São João tem 84 metros e chama atenção por sua paisagem - é considerado um dos mais bonitos por sites especializados em turismo ecológico. Fica no meio da mata, a 12 quilômetros do Centro de Prudentópolis em uma área de 15 alqueires. 

Hoje, os visitantes que vão à terra das cachoeiras gigantes, como é conhecida a cidade, só conseguem chegar a essa queda d'água por meio das propriedades particulares no entorno. Por isso, um novo acesso será construído.


quarta-feira, 22 de junho de 2016

Makuch e PSL fazem denúncia pesada contra 06 vereadores

O vereador, Júlio Makuch e o seu partido, o PSL, estão a fazer uma denúncia pesada contra os seguintes vereadores: Darley Gonçalves da Rosa, Valdir Krik,  Yaco, que é o atual presidente em exercício, Marco Vinício dos Santos, Amilcar Pastuch e o Marcos Roberto Lachovicz.  

Na denúncia, Makuch e PSL, os acusam de estarem agindo para derrubá-lo além de outras coisas, chegando a dizer que, dentro da câmara existe uma facção criminosa que age apenas por interesse próprio. 

Makuch foi cassado recentemente, mas uma liminar do Tribunal de Justiça do Paraná suspendeu a cassação, questionando procedimentos adotados. 

Makuch espera que na próxima segunda 27/04, sejam abertas comissões processantes contra os vereadores. 

REVEJA, TAMBÉM: 



Deputado amigo da politicaiada de Prude vira réu no STF por causa da Lava Jato

O Supremo Tribunal Federal (STF) transformou em réus na terça-feira (21) o deputado federal paranaense Nelson Meurer (PP) e seus dois filhos, Cristiano Meurer e Nelson Meurer Júnior. Eles vão responder pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, em processo oriundo das investigações da Operação Lava Jato. 

À Gazeta do Povo, o deputado afirma que já esperava a decisão e que agora terá a oportunidade de se defender perante a Corte.

O deputado também foi personagem central de outra decisão de impacto em Brasília na última semana. Ele é membro do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar e votou contra o relatório que pedia a cassação do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Mesmo assim, o parlamentar paranaense foi voto vencido. Por 11 a 9, os deputados votaram pelo prosseguimento do processo que prevê a destituição de cargo do presidente afastado da Câmara. (Com Gazeta do Povo)

Em discurso de renúncia, 'meio sem querer', vereador admite que usava estrutura pública para se promover


O Vereador, Osmar Pereira (PTB), visto por alguns como um 'ajudante do povo' e por outros como um assistencialista que utilizava a estrutura pública para se promover politicamente, renunciou na segunda 20/06/2016. 

Um detalhe do discurso do vereador chamou a atenção,

Osmar, que já tinha se afastado outras vezes, alegando depressão, mas que continuava fazendo assistencialismo, disse: 

“Deixo esta Câmara de Vereadores com a mais absoluta certeza do dever cumprido enquanto vereador do nosso município. Renuncio ao mandato por ter respeito à população e por fazer questão de iniciar uma nova jornada sem usar a estrutura pública para me promover”, disse Osmar em seu discurso. 

OBSERVARAM? 

Ele disse, claramente:

"Renuncio ao mandato por ter respeito à população e por fazer questão de iniciar uma nova jornada sem usar a estrutura pública para me promover”,

Quer dizer que antes usava a estrutura pública para se promover? 

Ou seja, sem querer, Osmar admite aquilo que todos já estão carecas de saber. Que ele usava a estrutura pública para se promover numa espécie de assistencialismo, como se seus atos, bancados pelo dinheiro do povo, fossem atos de uma caridade nunca antes vista na face da Terra. 

RELEMBRE:  Vereador se afastou alegando depressão, mas seguiu fazendo 'assistencialismo'

A câmara, segue em seu comunicado e diz: 

Após encerrar seu pronunciamento em Tribuna, Osmar cumprimentou a todos os vereadores em Plenário, assessores e demais presentes, e deixou as dependências da casa. A renúncia foi protocolada junto ao sistema de protocolo eletrônico da câmara e agora deve seguir todos os ritos regimentais exigidos. Para assumir sua vaga, deverá ser convocado, logo após o trâmite da renúncia, o Primeiro Suplente do partido Pedro Denczuk Filho, o “Pedrinho”, também filiado ao PTB.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Barraquinhas de São João de Prude são sucesso de público


Repercussão muito positiva.

A tradicional festa de São João de Prudentópolis, chega a sua 101ª edição em 2016 e movimenta a região.Prudentópolis é uma das principais cidades da região e tem como atrativos as suas belíssimas cachoeiras gigantes, a Festa Nacional do Feijão Preto  (FENAFEP) que ocorre em Agosto e também as tradicionais 'barraquinhas São João', como é conhecida localmente a Festa do Padroeiro da cidade.O evento iniciou dia 17 e vai até o dia 26 de junho de 2016. Vale a pena conferir. Maiores informações no setor de Turismo de Prudentópolis: http://infoturprudentopolis.blogspot.com.br/

SAIU NO FCS BRASIL PARA MAIS DE 139 MIL LEITORES EM TODO O PAÍS

Prefeitura divulga que cidade já tem agentes de segurança municipal

A prefeitura de Prudentópolis, divulgou recentemente um vídeo onde apresenta agentes de segurança do município, equipados com carros e motos.

"A equipe dos Agentes de Segurança Municipal está 
pronta para servir a nossa população!", diz a post com o vídeo

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Revitalização do Lago Municipal iniciada e asfaltamentos realizados em Prudentópolis

A revitalização do Lago Municipal de Prudentópolis foi iniciada recentemente. 

No tempo do ex-prefeito cassado, Gilvan Agibert, a revitalização do lago era só promessa, mas agora, parece que a coisa vai pra frente. 

Ademais, várias quadras estão sendo asfaltadas e revitalizadas na cidade, além do trabalho de recuperação de estradas no interior. 

O atual prefeito, Adelmo Klosowski (PSDB), acompanha as obras de perto junto aos secretariados e tem reafirmado seguidamente que está apenas cumprindo seu papel como funcionário do povo e que é dever dos gestores públicos fazerem o melhor pela população. 

Denúncia é acatada e vereador que também é funcionário da Sanepar pode perder o mandato em Prudentópolis

O vereador em questão é Luciano Marcos Antônio, (Ex-PMDB e agora no PSDB). Luciano foi citado nas investigações do GAECO em face da Operação Caçamba que indiciou como réus o pai dele, o ex-prefeito, Markiano Antônio e um irmão do vereador. 

Recentemente, o ex-governador e atual senador, Roberto Requião (PMDB), divulgou áudios de investigações do GAECO sobre mutretas que envolvem o vereador Luciano Marcos Antônio, que também é funcionário da Sanepar. 

RELEMBRE:  Requião publica áudios do GAECO e diz que vereador de Prudentópolis ganhou cargo na Sanepar em troca de voto

Na ocasião, Requião denuncia que Luciano conseguiu um cargo na Sanepar de maneira irregular, se utilizando de um acordo político para tal. 

Agora, a câmara de vereadores inciou a Comissão Processante contra o vereador.

Se ficar provada a quebra de decoro mediante a obtenção de vantagens ilícitas como denuncia o senador Requião, Luciano que recebe um bom salário de vereador e pouco ou nada faz pelo município, poderá perder o mandato, além de sofrer outras sanções. 

NOTA DA CÂMARA

Foi instalada em sessão legislativa de segunda-feira, 13/06, Comissão Processante pela Câmara Municipal de Prudentópolis, acatando a denúncia formulada contra o Vereador Luciano Marcos Antonio (PSDB). A CP acatou denúncia formulada pelo Partido da Mulher Brasileira - PMB -, assinada pelo presidente da Comissão Executiva Provisória Local, Vereador Marcos Vinício dos Santos. Nos fatos, cita que Luciano em evidente conduta contrária à ética e a boa fé, utilizou-se do mandato de vereador para obtenção de vantagem pessoal, consistente na nomeação para o exercício de cargo público concursado perante à Sanepar. Segundo justifica a denúncia, Luciano havia sido aprovado em concurso público e aguardava na lista de espera ser chamado. Quando na iminência de expiração da validade do concurso, negociou através do ex-prefeito Gilvan Pizzano Agibert, com o Governador do Estado, pessoalmente, ou por interposta pessoa, e com o Deputado Estadual Ademar Traiano, a sua nomeação para o cargo na Sanepar, em troca de voto em convenção do PMDB, em favor da coligação do Partido do qual era convencional, assim como seu pai Markiano Antonio, para que o partido coligasse com o PSDB nas eleições de 2014 e não lançasse a candidatura própria do Senador Roberto Requião ao Governo. VEJA MAIS NO SITE DA CÂMARA

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Adelmo e equipe junto de deputado conseguem mais R$ 1,1 milhão para Prudentópolis

O Deputado, Alexandre Guimarães (PSD), publicou no seu site, a liberação de R$ 1,1 milhão de reais para Prudentópolis. 

O prefeito Adelmo Klosowski (PSDB) e sua equipe tem buscado ininterruptamente e adquirido recursos e melhorias para diversas áreas do município nos últimos meses. 

Sobre isso, Adelmo é claro e sempre reafirma que está apenas cumprindo seu papel de funcionário do povo, e que todos os gestores, assim como todos da classe política, independente de divergências, devem arregaçar as mangas e trabalhar para um bem comum que é a melhoria da qualidade de vida da população. 


Na manhã de hoje (7), o deputado estadual Alexandre Guimarães (PSD) acompanhou o prefeito de Prudentópolis Adelmo Klosowski na assinatura de duas liberações da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (SEDU), que totalizam investimento de R$ 1,1 milhão para o município.

“Em parceria com o prefeito Adelmo, tenho buscado mais recursos e mais possibilidades para Prudentópolis. Temos encontrado portas abertas na SEDU, com o apoio do secretário Ratinho Junior. Hoje estamos comemorando mais dois repasses importantes”, explica o deputado.

Intermediados pelo deputado, os recursos são para recape de vias no entorno do lago, no valor de R$ 759 mil, e para construção de um campo de futebol pelo programa estadual Meu Campinho, com investimento de R$ 350 mil.

As assinaturas também contaram com a presença do diretor geral da SEDU João Carlos Ortega, além do assessor especial Lucio Mauro Tasso.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Câmara recorre ao TJ para validar a cassação do mandato de Makuch

A câmara de Prudentópolis informa, em seu site, que está recorrendo ao TJ para derrubar a Liminar e validar a cassação do mandato do vereador Júlio Makuch.

A votação foi 13 a 0.

A liminar questiona diversos pontos do processo de cassação.

Entre os questionamentos está a alegação da defesa de Makuch que diz que não foi feita a intimação do defensor de Makuch o advogado Paulo Sérgio Guedes, para uma sessão de oitiva realizada em 03/05/2016, o que torna sem efeito o resultado da sessão, com a cassação de seu mandato. 

No entanto, a Assessoria Jurídica da Câmara alega que o próprio Makuch foi intimado pessoalmente para a sessão de oitiva que se realizaria no dia 03/05/2016 já em 29/04/2016, o que garante amparo legal segundo o que determina o artigo 5º, IV do Decreto Lei 201/67 que rege que, o denunciado ou o seu defensor devem ser intimados para os atos.

===
OUTRA INFORMAÇÃO: 

VEREADOR LUCIANO ANTÔNIO (EX-PMDB E AGORA NO PSDB) ALEGA PROBLEMAS MÉDICOS E FICA AFASTADO POR MAIS 30 DIAS. GIARETTA ASSUME PROVISORIAMENTE. 

Foi aprovado em segunda e última votação, o Projeto de Resolução de autoria da Mesa Diretora do Poder Legislativo Municipal de Prudentópolis, o qual renova a concessão de licença por mais um período de trinta dias para tratamento médico, ao Vereador Luciano Marcos Antonio (PSDB). 

O requerimento do Vereador Luciano foi encaminhado à mesa, solicitando a prorrogação por igual período, após o mesmo ser avaliado em perícia médica, a qual indica pelo afastamento de suas atividades nesse tempo, com data a partir de 26/05. 


Durante esse período quem vai assumir a vaga é o suplente Leandro Giaretta, da coligação que envolveu diversos partidos, dentre eles o Partido Popular – PP, do qual o suplente é filiado. A convocação do suplente foi feita pela câmara e o mesmo foi empossado nesta semana, quando assinou o termo de posse e prestou o juramento constitucional, devendo tomar assento à mesa dos trabalhos na próxima sessão legislativa. 

Após prestar o juramento em Tribuna, no Plenário, assinou o Termo de Posse junto ao Presidente em Exercício, Vereador José Adilson dos Santos; do Primeiro Secretário Vereador Marcos Vinício dos Santos; do Segundo Secretário Vereador Dr. Darley Gonçalves da Rosa; mais os Vereadores Marcos Roberto Lachovicz, Adriano Cardozo e servidores. Giaretta é conhecido na comunidade, principalmente no segmento empresarial no ramo comercial e da agropecuária, onde possui uma loja do ramo e comercializa bovinos. Também foi presidente do Asilo São Vicente de Paulo, onde implementou diversas obras de melhorias e ampliações, com aquisições de mobiliários e espaços físicos, e criação de programas especiais aos idosos internados na instituição. 

Na eleição de 2012 ficou na segunda suplência de sua coligação, recebendo 573 votos, conquistando 1,93% dos votos válidos. 

terça-feira, 31 de maio de 2016

Secretaria de Agricultura e IAPAR reúnem agricultores na região norte de Prudentópolis

Recentemente, de acordo com nota da prefeitura, a Secretaria de Agricultura promoveu uma reunião com os agricultores na Localidade de Jaciaba. 

O objetivo da reunião era falar da parceria firmada entre Prefeitura e IAPAR, que tem como objetivo desenvolver um projeto na região norte do Município, envolvendo a criação de algumas unidades demonstrativas com diversos cultivares de feijão e variedades de pastagem tendo o acompanhamento com orientações técnicas dos pesquisadores e técnicos do IAPAR.

Este projeto contará também com o apoio de outras entidades que já atuam como parceiras: SENAR, CRESOL e Associação de Agricultores de Jaciaba.

Na ocasião participaram mais de 60 produtores de Jaciaba e região, a Sec. de Agricultura Dayanne 

Louise do Prado, José Alfredo e Henrique Luíz da Silva da área de Difusão de Tecnologia do IAPAR – Polo de Ponta Grossa, Eduardo Mercado Supervisor da Regional do SENAR, Reginaldo José Gomes de Camargo da CRESOL, Adão Kosteski Presidente da Associação de Acricultores de Jaciaba e Eder Marlon Schwab Sec. de Saúde (Com foto e infos de PrefPrude)

===
OUTRA POST: CASSAÇÃO DO VEREADOR MAKUCH 

Sessão de julgamento de Makuch será 01/06/2016 as 14 horas em Prudentópolis, informa o site da câmara

terça-feira, 24 de maio de 2016

Sessão que visa cassar o mandato do vereador Makuch será dia 1º de Junho

Vereador Professor Marcos virou 'o terror dos vereadores' e diz que está passando a limpo a câmara. 

Makuch tentou de todas as formas não ser cassado, mas o relatório final da Comissão Processante dá seguimento e a sessão que pode levar à cassação do mandato do vereador será dia 1/06/2016 as 14 horas.




A Comissão Processante número 009/2015, instalada em face do Vereador Júlio César Makuch, pela Câmara Municipal de Prudentópolis, emitiu o relatório final do processo, o qual conclui que “existindo provas suficientes do cometimento de ilícito pelo Vereador Júlio César Makuch, o qual contraria a dignidade da Câmara e o decoro de sua conduta pública nos termos o artigo 7º, III, do Decreto Lei 201/67, esta Comissão conclui pela PROCEDÊNCIA DA ACUSAÇÃO, nos termos do artigo 5º, V do Decreto Lei 201/67, solicitando expressamente ao Presidente da Câmara Municipal, a designação de sessão de julgamento, com máxima urgência dada a necessidade de conclusão dos trabalhos antes do termo final de 90 dias”. 

Em face disso, ficou estipulada a data de 01 de junho de 2016, às 14 horas, no Plenário da Câmara, para a realização da sessão de julgamento do denunciado, a qual é aberta ao público. 

A intimação do advogado constituído por Makuch nos autos, Paulo Sérgio Guedes, já foi feita por membros da comissão processante e por assessores da câmara, na tarde desta quinta-feira, 19 de maio, às 13h25 minutos, durante sua presença na sede do fórum da Comarca, onde o mesmo se encontrava presente para participar de uma audiência. 

No entanto, mesmo perante diversas testemunhas, as quais presenciaram o ato, Paulo Guedes se negou a assinar a notificação da sessão de julgamento, afirmando que não era mais o defensor do denunciado, pois já havia protocolado sua renúncia no processo. 

No entanto, os membros da comissão contestaram a afirmação do advogado, haja vista que nenhum registro referente aos fatos em questão foi efetuado junto ao sistema de protocolo oficial da casa. Portanto, Paulo Sérgio Guedes, perante aos autos, ainda é o defensor nomeado de Júlio César Makuch, conforme o denunciado protocolou recentemente, antecedendo às audiências de oitivas realizadas pela comissão. 

Assim, no momento da notificação, na condição de defensor nomeado, o mesmo foi notificado da realização da sessão de julgamento no próximo dia 1º de junho às 14 horas, conforme certidão expedida pela comissão e com testemunhas. A intimação de Paulo Sérgio Guedes foi feita, em virtude de que Makuch protocolou um atestado médico de 15 dias alegando problemas clínicos, no dia 16 de maio. Mas como o defensor está apto a receber a notificação, a comissão decidiu efetuar o ato perante sua pessoa, nesta oportunidade. Inclusive, a sessão acontece logo após o término do período de licença solicitado no atestado médico, o qual foi respeitado. (Com infos e foto de CMPRUDE)

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Casa da Cultura, Biblioteca Cidadã e Oficina de Informática beneficiam mais de 90 alunos em Prudentópolis

De acordo com a prefeitura, o projeto que está em andamento na Casa da Cultura e Biblioteca Cidadã, a Oficina de Informática, já deu acessibilidade e aprendizado para aproximadamente 90 alunos de todas as idades. É mais uma boa iniciativa em prol da capacitação e do conhecimento na cidade. 

Gilbertinho tentou livrar a cara de Makuch



Júlio Makuch (PSL), era presidente da câmara de Prudentópolis, mas foi afastado em face de ação do Ministério Público/GAECO. 

Há uma comissão processante contra Makuch baseada numa denúncia do PMDB. Mas, o partido mudou de mãos e foi para o ex-prefeito, Gilbertinho, ou Gilberto Agibert Filho, irmão do ex-prefeito, Gilvan Pizzano Agibert (Ex-PPS) preso pelo GAECO na Operação Caçamba e depois cassado pela câmara, que então era presidida por Makuch. 


DENÚNCIA

A denúncia do PMDB, assinada pelo seu Presidente Osmário Batista Júnior, se baseia na denúncia do Ministério Público do Paraná, através de investigação do Grupo GAECO, de suposto envolvimento de Makuch como sócio oculto, na empresa Alerta Monitoramento Eletrônico, a qual, segundo a denúncia, teria desviado dos cofres públicos recursos provenientes de serviços de monitoramento eletrônico, os quais estariam superfaturados e sem a devida prestação do serviço contratado. Sobre esta mesma comissão, houve ainda um outro protocolo registrado no sistema da câmara, nesta semana. 

GILBERTINHO, O NOVO "CHEFÃO" DO PMDB DE PRUDE QUERIA RETIRAR A DENÚNCIA CONTRA MAKUCH

Como a presidência do PMDB foi assumida recentemente pelo ex-prefeito Gilberto Agibert Filho, o mesmo solicitou a retirada da denúncia contra o Vereador Júlio César Makuch, para suspensão do ato. 

CP SEGUE EM FRENTE, DIZ A CÂMARA

No site da câmara, é informado que Makuch não apresentou as alegações finais e ainda pediu afastamento alegando problemas clínicos por 15 dias. 

Mesmo assim, a comissão segue em frente, diz a nota. 

A Comissão Processante analisando o pedido emitiu um parecer contrário ao pedido, haja vista que após o recebimento em Plenário, a matéria deve ter prosseguimento cumprindo todas as etapas do processo.

Considerando o seguimento da CP, Makuch pode ser cassado após a apresentação do relatório final.  (Aloísio Hernandes para os blogs do Centro Sul, com informações no site da câmara)
===

terça-feira, 17 de maio de 2016

Prudentópolis viabiliza 30 quadras de asfalto e economiza quase R$ 300 mil reais

De acordo com a prefeitura, a empresa Derpa Usina de Asfalto, empresa de Guarapuava, venceu uma licitação para o asfaltamento de 30 quadras na área urbana da cidade. Também é informado que o município fez uma economia de mais de 297 mil reais. Ainda não foi informado quando serão iniciadas as obras. 

Vereador Clemente tem mandato cassado por 12 votos a 1

A denúncia tinha como base as investigações da Operação Caçamba do Grupo Gaeco e Clemente Lubczyk quebrou o decoro, conforme acusação dos vereadores.

Os vereadores José Adilson dos Santos, José Petez, Júlio César Makuch e Luciano Marcos Antonio ficaram impedidos de votar por envolvimento direto ou indireto nos autos. Além disso, o próprio Clemente, denunciado, ficou impedido de votar. 

Assumiram para votar, os suplentes Sérgio Miques, Acir Batista dos Santos, Hilário Chumlhak e José Leonirto Dalzoto, integrantes da própria coligação de Clemente, e Allan Lopes de Andrade, da coligação do Vereador José Adilson dos Santos. 

Dos presentes, apenas o Vereador presidente da Comissão, Osmar Pereira, declarou voto contrário à denúncia, enquanto os doze presentes votaram favoráveis à cassação. 


FATOS QUE LEVARAM À CASSAÇÃO

Nos fatos, cita que Clemente foi processado e condenado em processo de ação civil pública por ato de improbidade administrativa, já estando com seu nome inserido no Cadastro Nacional de Condenações Cíveis por Atos de Improbidade Administrativa, do Conselho Nacional de Justiça. Na época, segundo a denúncia, “que dada a ausência de secretário na região norte do Município, investiu-se dos poderes de executivo e passou a executar obras e serviços, inclusive contratando diretamente a compra de materiais e posteriormente pagos pelo Município e até mesmo a contratação de pessoas”. A denúncia diz que o objetivo era apenas eleitoreiro e que Clemente era membro da organização criminosa chefiada pelo ex-prefeito Gilvan Agibert e que “associou-se ao Sr. Darci Smutek, sob a chefia de Gilvan, com o objetivo de desviar verbas públicas”. (Com infos da Câmara de Prude)

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Câmara rejeita redução de número de vereadores em Prudentópolis

7 a 5

A proposta de Emenda à Lei Orgânica do Município de Prudentópolis, que pretendia alterar o número de vereadores da Câmara Municipal para a próxima legislatura, de autoria do Vereador Clemente Lubczyk (PR) e que tinha assinaturas em apoio de mais nove vereadores, foi rejeitada durante sessão legislativa de segunda-feira, 25, quando tramitou em primeira votação e discussão, quanto à Legalidade e Constitucionalidade.

Quem votou a favor da redução:

José Petez, João Michalichen Neto, Júlio César Makuch, Osmar Pereira, e o autor Clemente Lubczyk.

Quem votou contra a redução:

Valdir Krik, José Amilcar Pastuch, Marcos Vinício dos Santos, Dr. Darley Gonçalves da Rosa, Marcos Roberto Lachovicz, José Adlson dos Santos e Adriano Cardozo. 

Ausente:

O Vereador Luciano Marcos Antonio estava ausente. 

(Com foto e informação de CMPRUDE)

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Adelmo recebe cartas de agradecimento de estudantes do interior

Segundo informa a assessoria de imprensa da prefeitura, no Facebook, várias crianças de escolas do interior enviaram cartas agradecendo o prefeito por melhorias em salas de aula, uniformes, materiais entre outras coisas. O prefeito, Adelmo Klosowski (PSDB), disse que irá à comunidade de São Francisquinho pessoalmente para agradecer as crianças, os professores e a comunidade pelas cartas. No seu jeito 'simprão de ser', o prefeito também reafirmou que não está a  fazer nada mais que sua obrigação enquanto funcionário do povo. 

Câmara de Prudentópolis se desfilia da Acampar

Em votação bastante polêmica, a Câmara Municipal de Prudentópolis aprovou em sessão legislativa de segunda-feira, 18, Projeto de Resolução que revoga a Resolução 003/2010, bem como torna sem efeito a filiação da Câmara Municipal de Prudentópolis à ACAMPAR – Associação de Câmaras, Vereadores e Gestores Públicos do Estado do Paraná. 

Votaram favoráveis à desfiliação:

Valdir Krik, José Amilcar Pastuch, Dr. Darley Gonçalves da Rosa, Marcos Roberto Lachovicz, João Michalichen Neto, Marcos Vinício dos Santos, e o Presidente José Adilson dos Santos, que desempatou a votação da matéria. 

Contrários: Júlio César Makuch, José Petez, Adriano Cardozo, Luciano Marcos Antonio, Clemente Lubczyk e Osmar Pereira. 

Marcos diz:

Na justificativa da matéria, o Vereador Marcos salienta que a entidade que foi “declarada por lei como entidade oficial representativa da Câmara Municipal de Prudentópolis, qual seja a ACAMPAR – Associação de Câmaras, Vereadores e Gestores Públicos do Estado do Paraná; há muito não desempenha o papel institucional que se imagina; motivo pelo qual mostra-se absolutamente inadequada a manutenção da filiação a qual gera gastos ao erário público mensalmente; ademais, a dita filiação poderá se tornar altamente questionável por força do conteúdo do acordão proferido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná nos autos 1191868-6 de Apelação Cível, o qual ainda pende de julgamento de recurso no Superior Tribunal de Justiça, porém encontra-se em fase final de apreciação. Sendo esta a pretensão contemplada no presente projeto que se submete à apreciação dos Nobre Vereadores, contando desde já com a sua necessária aprovação”. Atualmente, o valor mensal de contribuição pago pela câmara à Acampar, é de R$ 604,50. 

Outro Projeto de Lei de autoria do Vereador Marcos, o qual ainda precisa de uma segunda votação em plenário, revoga o reconhecimento da Acampar como entidade representativa da câmara.  (Com foto e info de CMPRUDE)